Saúde : Alguém resolve este problema?

A ideia de um sistema único de saúde custeado por impostos e que isentasse a população de ter de pagar diretamente por esses serviços (que são extremamente caros) não parece nada mal, não é mesmo? Toda a população passaria a ter consultas, tratamento e até medicamentos de maneira bem acessível e o que é melhor, “de GRAÇA”! No entanto, essa não tem sido a realidade da saúde no Brasil. Leia o texto completo »

Será possível o diálogo entre o cérebro e o coração?

“Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?”

Renato Russo

Este não é um texto com “5 dicas para melhorar sua inteligência emocional”, não vou trazer respostas, muito menos realizar um teste ou algo do tipo. Apenas gostaria de escrever sobre um tema que considero importante e temos que lidar todos os dias.

Sabe aquela história de “João é muito emotivo” ou “Maria é muito racional”? Pois é, de acordo com a psicologia, a inteligência emocional une e equilibra esses dois extremos e consiste na habilidade de reconhecer os próprios sentimentos, compreender os dos outros e saber lidar com eles no dia-a-dia. Enfrentamos muitas adversidades e frustrações. Saber redirecioná-las para obter melhores resultados e relacionamentos seria o ideal.

Leia o texto completo »

Preserve!

Não é de hoje que se tem discutido a respeito das depravações ocasionadas ao meio ambiente e de suas terríveis consequências. Assuntos como efeito estufa, inversão térmica, secamento de lagos e rios estão presentes em debates desde a época de nossos pais (se não avôs). No entanto, apesar das discussões recorrentes e de inúmeras medidas que são propostas, pouco é realmente feito para solucionar tais problemas. Os assuntos ambientais acabam ficando mais na fala do que na ação.

Leia o texto completo »

A Miopia das Relações de Gêneros

“A mulher é o negro do mundo. A mulher é a escrava dos escravos. Se ela tenta ser livre, tu dizes que ela não te ama. Se ela pensa, tu dizes que ela quer ser homem”.

John Lennon

Sim, caros leitores. Hoje resolvi dar voz àquelas, por inúmeras vezes, oprimidas e silenciadas pela sociedade patriarcal e conservadora que vivemos. Aquelas que embora possuam as mesmas qualificações que os homens, continuam recebendo salários inferiores, que são sobrepujadas ao lar e à família, que sofrem assédio sexual, que são recriminadas pelas roupas que usam ou são violentadas e julgadas pelo simples fato de destoarem daquilo esperado pelo círculo social do qual fazem parte. É preciso evidenciar, pois, certos estereótipos produzidos, mastigados e impostos, que reproduzem padrões comportamentais e tornam a igualdade entre os gêneros um mero discurso vazio.

Leia o texto completo »

O amor nos tempos das eleições: uma história sobre intolerância e responsabilidades

“A utopia está lá no horizonte.
Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos.
Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos.
Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei.
Para que serve a utopia? Serve para isso:
para que eu não deixe de caminhar.”

(Eduardo Galeano)

Esse não era meu texto original. Há uma semana, eu tinha escrito um texto completamente diferente para ser publicado aqui, mas quem me conhece sabe que eu jamais perderia a chance de discutir um pouco sobre política. Já aviso para não levantar falsas expectativas Leia o texto completo »

Seu segredo está a salvo!

“AÇÚCAR, TEMPERO E TUDO QUE HÁ DE BOM. Esses foram os ingredientes escolhidos para criar as garotinhas perfeitas. Mas o professor Utônio acidentalmente acrescentou um ingrediente extra na mistura, o ELEMENTO X. E assim nasceram, as meninas super poderosas!”. Desde pequena esses elementos secretos já me cercavam e me seduziam. Eu queria ser uma super poderosa, mas como conseguir o elemento X? Eu queria o hambúrguer do Siri Cascudo, mas nem mesmo o Plancton conseguia roubar a fórmula secreta, mesmo tentando há anos. Eu tive que me conformar com o meu Balde de Lixo, assim como Plancton.

Leia o texto completo »

Os acertos e erros do Branding

A princípio, para esclarecer, o Branding é uma associação de imagens e ideias que representam a essência de uma empresa, produto ou serviço, sendo definido, também, como uma gestão de marcas. É possível encontrar acertos e erros cometidos ao implantar o Branding em uma empresa, vendo-o como uma metodologia de gestão que estrutura as estratégias das organizações baseada na marca e no que ela representa. Aqui trataremos de sete erros e sete acertos. Essa gestão de marcas vai além da composição de um novo slogan ou logo, uma vez que busca criar uma personalidade para a marca alinhando os objetivos estratégicos da empresa com suas metas estratégicas e comerciais.

Leia o texto completo »

Cultura e produção cultural: o Japão pré feudal e a Grécia antiga

É ao menos razoável admitir que qualquer forma de produção cultural é influenciada –com o perdão da redundância- pela cultura local. Não será aqui discutido fatores que nos levam à essa premissa, ou ainda como isso se dá. É apenas de interesse a exemplificação por meio de casos específicos.

Em breve chegaremos aos nossos exemplos. Antes, devo alguma situação temporal. O primeiro exemplo diz respeito ao Japão do período Heian (794-1185), período marcado por inúmeras produções culturais nipônicas, surgimento dos samurais e ápice das religiões orientais até então. Por fim, o segundo exemplo mescla fatores anteriores à formação da Grécia e fatores pós invasão dória. Leia o texto completo »

Aplicativos financeiros: uma mãozinha da tecnologia nas finanças pessoais

Novamente escrevo em função de um programa gravado para a rádio Gestão Educativa: a administração em sintonia com você. No quadro Administrando o seu dia, falei um pouco de três aplicativos que auxiliam no controle orçamentário pessoal: o Finance, o Mobills e o MoneyWise. Explicarei brevemente o funcionamento de dois deles. Isso porque o MoneyWise seguirá uma lógica muito semelhante ao do Mobills.

1.Interface

A ideia dos dois são bem próximas no que diz respeito à interface. Ambos permitem que você selecione a categoria dos gastos de forma bem prática. Além dos ícones como Supermercado, Padaria, Cinema, etc., há uma divisão entre contas de receitas e de despesas. Isso torna a interface bem intuitiva.

inter mobills

Interface Mobills

Leia o texto completo »

A evolução dos modelos estratégicos nas organizações

Irei apresentar os modelos de estratégia utilizados no âmbito das organizações, desde a década de 70 até meados de 1990, apontando as proposições de alguns teóricos de destaque no campo da Administração e da Economia, dentre eles, Michael Porter, Richard Rumelt, Birger Wernerfelt, Oliver Williamson e Barney. Para tal discussão, é necessária uma apresentação inicial do conceito de estratégia, que pode ser entendida, basicamente, como uma ferramenta utilizada pelas organizações para atingir um conjunto de metas e objetivos pré-estabelecidos por estas.

Primeiramente, na década de 70, Williamson propõe um modelo estratégico que apoia a ideia de que as alianças corporativas deveriam ser feitas, exclusivamente, se contribuíssem para a diminuição dos custos de transação da empresa, visão bastante criticada pois as alianças podem trazer vários outros benefícios, que não sejam exclusivamente financeiros. Por exemplo, as alianças podem obter vantagens como a expansão de mercados, o intercâmbio de ideias ou o compartilhamento de recursos escassos, que favorecem a eficiência, inovação e consequentes ganhos mútuos. Leia o texto completo »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.